quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Jack O'Lantern - A lenda por trás da abóbora.


The Legend of "Stingy Jack"
People have been making jack-o'-lanterns at Halloween for centuries. The practice originated from an Irish myth about a man nicknamed "Stingy Jack." According to the story, Stingy Jack invited the Devil to have a drink with him. True to his name, Stingy Jack didn't want to pay for his drink, so he convinced the Devil to turn himself into a coin that Jack could use to buy their drinks. Once the Devil did so, Jack decided to keep the money and put it into his pocket next to a silver cross, which prevented the Devil from changing back into his original form. Jack eventually freed the Devil, under the condition that he would not bother Jack for one year and that, should Jack die, he would not claim his soul. The next year, Jack again tricked the Devil into climbing into a tree to pick a piece of fruit. While he was up in the tree, Jack carved a sign of the cross into the tree's bark so that the Devil could not come down until the Devil promised Jack not to bother him for ten more years.

Soon after, Jack died. As the legend goes, God would not allow such an unsavory figure into heaven. The Devil, upset by the trick Jack had played on him and keeping his word not to claim his soul, would not allow Jack into hell. He sent Jack off into the dark night with only a burning coal to light his way. Jack put the coal into a carved-out turnip and has been roaming the Earth with ever since. The Irish began to refer to this ghostly figure as "Jack of the Lantern," and then, simply "Jack O'Lantern."

In Ireland and Scotland, people began making their own versions of Jack's lanterns by carving scary faces into turnips and potatoes and putting them into windows or near doors to scare away Stingy Jack and other wandering spirits. In England, large beets are used. Immigrants from these countries brought the Jack O'Lantern tradition with them when they came to the United States. They soon found that pumpkins, a native American fruit, were perfect for jack-o'-lanterns.

TRADUÇÃO

A lenda do "Jack Miserável"
As pessoas vêm fazendo jack-o'-lanterns no Halloween há séculos. A prática se originou a partir de um mito irlandês sobre um homem apelidado de "Jack Miserável".
Segundo a história, Jack Miserável convidou o Diabo para tomar uma bebida com ele. Fiel ao seu nome, Jack Miserável não queria pagar a sua bebida, então ele convenceu o Diabo a se transformar em uma moeda que Jack pudesse usar para comprar as suas bebidas.
Uma vez que o Diabo fez isso, Jack decidiu ficar com o dinheiro e colocá-lo em seu bolso ao lado de uma cruz de prata, o que impediu o Diabo de mudar de volta a sua forma original.
Jack finalmente libertou o Diabo, sob a condição de que ele não incomodaria Jack por um ano e que, se Jack morresse, ele não reivindicaria a sua alma.
No ano seguinte, Jack novamente enganou o diabo para subir em uma árvore para pegar um pedaço de fruta. Enquanto ele estava em cima da árvore, Jack esculpiu um sinal da cruz na casca da árvore para que o diabo não pudesse descer até que o Diabo prometesse a Jack não incomodá-lo por mais dez anos.

Logo depois, Jack morreu. Como diz a lenda, Deus não permitiria que uma figura tão desagradável fosse para o céu. O Diabo, chateado com o truque que Jack tinha pregado nele e mantendo sua palavra de não reclamar a sua alma, não permitiria que Jack entrasse no inferno. Ele enviou Jack para a noite escura, com apenas um carvão em brasa para iluminar seu caminho. Jack colocou o carvão em um nabo esculpido e foi vagando pela Terra com o mesmo desde então. Os irlandeses começaram a se referir a essa figura fantasmagórica como "Jack da Lanterna", e em seguida, simplesmente "Jack O'Lantern".

Na Irlanda e na Escócia, as pessoas começaram a fazer suas próprias versões de lanternas do Jack ao esculpir rostos assustadores em nabos e batatas e colocar em janelas ou perto de portas para afugentar Jack Miserável e outros espíritos errantes. Na Inglaterra, são usadas grandes beterrabas. Os imigrantes destes países trouxeram a tradição Jack O'Lantern com eles quando vieram para os Estados Unidos. Eles logo descobriram que as abóboras, uma fruta nativa da América, eram perfeitas para jack- o'-lanterns .

Nenhum comentário:

Postar um comentário